Dezembro Vermelho vai ampliar ações de conscientização sobre o HIV

O dia 1º de dezembro foi escolhido para marcar o Dia Mundial de Combate ao HIV/Aids em 1987, durante a Assembleia Mundial da Saúde. Desde então, neste dia, são realizadas ações em diversos países, visando a conscientização da população. A partir deste ano, a campanha ganha um reforço no Brasil: todo o mês de dezembro, e não apenas o dia 1º, será dedicado ao tema.

A lei que instituiu o Dezembro Vermelho foi sancionada há menos de um mês e prevê um conjunto de atividades e mobilizações relacionadas ao enfrentamento do HIV e às demais infecções sexualmente transmissíveis (ISTs). A campanha terá foco na prevenção, na assistência, na proteção e na promoção dos direitos humanos das pessoas que vivem com o vírus.

Entre as ações previstas, que serão realizadas em parcerias entre o poder público, a sociedade civil e os organismos internacionais, estão a iluminação de prédios públicos com luzes vermelhas, a veiculação de campanhas na mídia e a promoção de palestras e atividades educativas.

Fonte: Juliana Gonçalves / Grupo Folha
Crédito: spukkato/iStock