União Gaúcha decide aderir a ato no dia 29

 

Em reunião extraordinária na tarde desta terça-feira (26/5), a União Gaúcha em Defesa da Previdência Social e Pública decidiu aderir ao ato público organizado pela Fessergs e pelo Cpers para a próxima sexta-feira (29/5). A coordenação da entidade participará de reunião para definir detalhes sobre o ato na quinta-feira (28/5), 14h, na sede do Cpers, em Porto Alegre. As bandeiras defendidas pela União Gaúcha são o repúdio ao parcelamento de salários e a LDO.

Segundo o presidente da ASJ, Paulo Olympio, é importante fazer parte do movimento neste momento delicado em que o governo sinaliza medidas duras e cortes ao funcionalismo. "Esta não é uma briga pela briga. É um movimento por questões efetivas. Não nos sobra alternativas senão enfrentar a situação", pontuou. Olympio ainda destacou o papel relevante da União Gaúcha nessa luta, uma vez que a entidade, desde sua criação em 2003, tem tradição de atuação pelos direitos do funcionalismo.

Inicialmente, as lideranças e os servidores deverão reunir-se no final da manhã do dia 29/5 na Praça da Matriz. O horário da mobilização ainda será confirmado.