Assembleia Legislativa discute PLCs que dividem o IPE em duas autarquias

Para debater quatro dos cinco projetos que dividem o Instituto de Previdência do Estado do Rio Grande do Sul (IPE) em duas autarquias (206/17, 207/17, 211/17 e 212/17), o presidente do conselho deliberativo do IPE, Luís Fernando Alves da Silva, reuniu-se nesta segunda-feira (13/11) com parlamentares e entidades na Assembleia Legislativa. A reunião, sugerida pela Frente Parlamentar em Defesa do Serviço Público, teve como objetivo apresentar as propostas para maior conhecimento dos interessados. 

O encontro também expôs a questão aos parlamentares que devem votar os PLCs que tramitam na Assembleia. "É muito importante essa conversa para clarearmos os projetos com as entidades e articularmos um recuo do governo", disse Silva. A reunião é resultado de uma série de medidas tomadas pelo instituto, entre elas a audiência pública realizada no início de novembro para discutir as propostas. 
 
O presidente do conselho deliberativo também mencionou dois imóveis vinculados ao IPE Saúde que estão à venda pela Subsecretaria da Administração Central de Licitações (Celic). A discussão sobre a venda dos imóveis, segundo Silva, não passou pelo conselho, o que causa preocupação.

Foto e Texto: Leticia Szczesny