Lei de Diretrizes Orçamentárias em debate

 

A reunião do Conselho de Administração (Conad) do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul desta sexta-feira (20/3) apreciou as metas de interesse do Poder Judiciário que serão incluídas no anteprojeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2016. Durante o encontro, presidido pela desembargadora Marilene Bonzanini, foi feita uma exposição dos valores que formam o conjunto das despesas e receitas anuais do Poder. 

O presidente da ASJ, Paulo Olympio, lembrou das 19 metas que já constavam da LDO editada em 2014 que orientaram o orçamento para esse ano e reiterou sua posição de que a data-base para reajuste dos servidores ficaria melhor se fosse em 1º de janeiro de cada ano. “Dessa forma, as duas matrizes salariais teriam tratamento isonômico e se veria, com o desenvolvimento das receitas mensais, quais pleitos poderiam ser aprovados além do reajuste anual.”  

 

Texto e Fotos: Júlia Soares