Reajuste retroativo virá em parcelas

 

O presidente do Tribunal de Justiça, Luiz Felipe Difini, informou às entidades de servidores, na tarde desta quinta-feira (14/7), que o pagamento do saldo retroativo referente ao reajuste de 8,13% virá em parcelas. Difini espera que a promulgação da lei da reposição salarial ocorra até a próxima terça-feira (19/7), o que viabilizará pagamento na folha de julho dos atrasados dos meses de maio, junho e julho. Os valores relativos a janeiro, fevereiro, março e abril serão saldados assim que houver liberação de verba orçamentária, comunicou Difini. Participaram da reunião diretores da ASJ, Sindjus, Abojeris, Acedijus e Cejus.

 

Durante o encontro, o presidente do Tribunal de Justiça se dispôs a intensificar o trabalho parlamentar pelas aprovações dos Projetos de Lei da data-base (200/14) e dos plantões remunerados (219/15). Sobre a redução de jornada, o presidente pediu a sua assessoria estudos para manifestação posterior. Quando esses estudos estiverem prontos, o TJ irá novamente convocar as entidades.