ASJ continuará com o empréstimo dos “Livros da Isabel”

 

Diretores da ASJ encontraram-se com a associada Maria Isabel Salatino e com o Juiz Roberto Loréa, no Foro Central de Porto Alegre (prédio 1), para oficializar o repasse, para a Sala da ASJ, no térreo do prédio, dos chamados “livros da Isabel”.

Num registro bem simples, mas emocionante, a associada repassou à entidade uma tarefa lúdica, social, humanitária e de inclusão. A Sala da ASJ no Foro Central de POA passa a ser abrigo para os livros que Isabel vinha emprestando ao longo de mais de 10 anos, beneficiando colegas, independentemente do setor ou da posição.

Com aposentadoria agendada para o próximo mês, a associada passa a confiar a tarefa à entidade – mas vai, palavras dela, continuar em contato – e, por isso pediu apoio para a continuidade desse serviço de inclusão, que tanto os colegas beneficiados valorizam, principalmente para dar um QG aos livros. A ASJ não poderia deixar de dar a sua contribuição para uma causa tão nobre.

A colega Isabel tem contado com o apoio do Dr. Roberto Loréa, Juiz do Foro Regional do Partenon, no sentido da divulgação e da continuidade do projeto, bem como dos colegas do setor da Estenotipia, todos engajados na causa, apoios esses que todos esperamos continuem para que os beneficiários não tenham paralisado o importante incentivo à leitura e à cultura que decorrem dos empréstimos.

 

Portanto, informamos aos colegas usuários em geral que os empréstimos dos “livros da Isabel” continuam agora na Sala da ASJ no Foro Central, na mesma sistemática, sem formalidades: é só chegar lá e escolher o livro a ser emprestado, ler e devolver como vinha sendo feito na Estenotipia.

Finalmente, à Isabel, a nossa homenagem pelo desprendimento, pela solidariedade, pelo carinho, numa missão praticamente anônima, que, sem pretensões, adquiriu uma magnitude tal que não pode parar!

A tua história, Isabel, com certeza, é digna de registro e de louvor! E essa tua missão não vai parar, faremos o possível pela sua continuidade!