Mudanças na lei previdenciária em debate na UG

Na reunião de hoje (30/11) da União Gaúcha em Defesa da Previdência Social e Pública (UG), o conselheiro Ari Lovera (IPERGS) apresentou estudo contendo sugestões de alteração na lei 7.672/1982, no capítulo que se refere ao regramento para concessão de pensão por morte. A proposta trata especificamente das condições para que o dependente do segurado tenha direito ao recebimento do benefício. O texto foi distribuído aos conselheiros para análise, e retorna à pauta de discussões na próxima reunião da UG. A solicitação atendeu ao pedido do presidente da ASJ, e membro da diretoria da UG, Paulo Olympio, que foi acompanhado pelos demais.

Cumprindo a pauta da reunião, os conselheiros deram continuidade ao debate sobre medidas cabíveis de oposição ao novo regime de previdência (complementar) instituído no estado, à luz da lei 14.750/2015.

Os demais itens previstos na pauta como: o projeto de lei 206/2015 e a indicação de conselheiro para proceder movimentação financeira junto ao IPERGS serão apreciados na reunião do dia 7 de dezembro. 

O vice-presidente da ASJ, e conselheiro da UG, Luís Fernando Alves da Silva também esteve presente na reunião desta segunda-feira (30/11), na Ajuris.

 

 Texto e fotos: Gisele Gonçalves