Presidência do TJ autoriza nomeação de novos servidores

A Presidência do Tribunal de Justiça do Estado autorizou a nomeação de 214 novos servidores e 200 estagiários para ingressar no Poder Judiciário.  Segundo o Presidente do TJ, desembargador Luiz Felipe Silveira Difini, apesar da constante redução orçamentária do Poder Judiciário Estadual, registrada na última década, com uma queda de 32%, foi necessário planejar as contratações, principalmente em decorrência do aumento de pedidos de aposentadoria.

A partir da sinalização da Presidência, a Corregedora-Geral da Justiça, desembargadora Iris Helena Medeiros Nogueira, propôs que as vagas destinadas aos novos servidores, concursados, sejam preenchidas por 190 Oficiais Escreventes e 24 Oficiais de Justiça, contemplando, conforme a carga de trabalho, as três entrâncias.

Ainda, conforme a CGJ, em fevereiro deste ano foi publicado edital para remoção de servidores, possibilitando a movimentação dos mesmos, a fim de possibilitar as novas nomeações. Após a conclusão deste edital, que deve ocorrer nos próximos dias, poderá ser realizado o levantamento dos números de servidores em cada Comarca e direcionar os novos oficiais escreventes e oficiais de justiça aos locais de maior sobrecarga.

A Comissão de Supervisão de Estágio acolheu a proposta da CGJ para a contratação de 200 novos estagiários. Conforme o Juiz-Corregedor coordenador, José Luiz Leal Vieira, a definição das comarcas que serão contempladas deverá ocorrer após a nomeação dos novos servidores, possibilitando que os novos estagiários sejam destinados às unidades com maior carga de trabalho.

O Tribunal de Justiça é o quarto maior do país na esfera estadual, com 4,5 milhões de processos em tramitação.

Fonte: Imprensa TJRS

Foto: Valeria Possamai/Imprensa ASJ