Diretor do IPE-Saúde participa de reunião com o colegiado da União Gaúcha

 

Em reunião do colegiado da União Gaúcha em Defesa da Previdência Social e Pública (UG) nessa segunda-feira (24/04), o diretor do IPE-Saúde, Alexandre Escobar, prestou esclarecimentos sobre a Operação Examinação e a atual situação do IPE.

Segundo o diretor de saúde, a investigação está sendo realizada pelo Ministério Público (MP) que apura a suposta fraude denunciada anonimamente para a ouvidoria do IPE. Escobar ressaltou que o IPE expandiu a parceria com o MP e, desta forma, já realizaram buscas em sete endereços diferentes. Ele também frisou que fraude é caso de polícia, e todas as suspeitas estão sendo apuradas.

Ao comentar sobre a atual situação do Instituto, o diretor Alexandre Escobar assumiu que o sistema do IPE possui deficiências e destacou que é essencial a contratação de funcionários para que as demandas sejam sanadas. "Vamos olhar o que já está sendo cobrado e ajudar a fiscalizar", comentou. 

Para o presidente da Associação dos Servidores da Justiça (ASJ) e diretor-financeiro da UG, Paulo Olympio, apesar de todos os fatos que aconteceram, não se pode desestimular um trabalho para a melhoria do Plano de Saúde e para a estrutura do Instituto. 

 

Foto: Valéria Possamai
Texto: Letícia Breda