Entidades apoiam mobilização contra as reformas

 

Reunidos na tarde desta terça-feira (25/04) na sede da Abojeris, dirigentes de entidades representativas dos servidores da Justiça alinharam apoio ao movimento de paralisação agendado para a próxima sexta-feira (28/04). Presente ao encontro, o presidente da ASJ, Paulo Olympio, destacou pontos polêmicos da Reforma da Previdência proposta pelo governo Michel Temer e detalhou questões importantes para a sociedade brasileira, como o aumento da idade de aposentadoria, o que, na prática, resultará em um direito praticamente inacessível a muitos trabalhadores. A Associação dos Servidores da Justiça convida seus associados a unirem-se à mobilização. Se os colegas não puderem participar dos atos que estarão sendo realizados, uma sugestão é aproveitar o dia para se informar e dialogar com colegas de trabalho a respeito.

A programação do movimento de paralisação de combate às Reformas da Previdência e Trabalhista inclui caminhada de servidores. A mobilização começará às 10h em frente ao Tribunal de Justiça (TJ). Às 10h30min, representantes das entidades que compõem a União Gaúcha estarão em frente ao Tribunal Regional do Trabalho da 4º Região (TRT4).

 

Abojeris

Durante encontro na sede da Abojeris, Olympio aproveitou para cumprimentar o presidente eleito da associação dos oficias de justiça Jean Gonçalves em razão da sua vitória no pleito realizado no dia 19 de abril. Ao lado do secretário geral da ASJ, Paulo Chiamenti, ele ainda saudou o presidente  Marcinei Jaques Pereira, que entrega o cargo a seu sucessor no próximo dia 6 de maio.  Também participaram do encontro o presidente da Associação dos Contadores Escrivães e Distribuidores da Justiça do Rio Grande do Sul (Acedijus), Jardel Fabian Pens, e o vice-presidente José Elton Coelho dos Santos.