Conselho Deliberativo do IPE inicia votação a favor de seu presidente

A maioria dos conselheiros presentes na reunião desta quarta-feira (24/05) votou contra o pedido de afastamento do presidente do Conselho Deliberativo do Instituto de Previdência do Estado do Rio Grande do Sul (Ipergs), Luís Fernando Alves da Silva. Quando o placar somava 10 a 1 - com voto favorável apenas da parte proponente - a votação foi suspensa por pedido de vista do conselheiro Alexandre Wagner Bobadra, representante da Federação Sindical dos Servidores Públicos no Estado do Rio Grande do Sul (Fessergs). A votação foi acompanhada pelo presidente da ASJ, Paulo Olympio, e pelos diretores Dione Burlamarque, Paulo Chiamenti e Vitor Luis Polett.

 

O processo administrativo nº 17/ 2442-0001349-9 foi encaminhado em nome da Fassergs por meio de um de seus representantes, o conselheiro Bayard Schneider Bernd em fevereiro deste ano. O questionamento devia-se à participação de Luís Fernando Alves da Silva, que também ocupa cargo de vice-presidente da ASJ, em reunião convocada pela Administração do Tribunal de Justiça para tratar de um novo modelo de plano de saúde para o Poder Judiciário.

 

O relator do processo administrativo, Antonio Vinicius da Silveira, defendeu a improcedência do pedido uma vez que não foi comprovada postura antiética ou desrespeitosa por parte do presidente de colegiado no episódio referido. “A malícia de quem enxerga um fato é um fator essencial para dar o tom de cada interpretação”, ressaltou. Durante a sessão, que foi presidida pela conselheira mais antiga no colegiado, Kátia Moraes, foi definido que a votação deve ser retomada na próxima sessão, inicialmente prevista para a próxima quarta-feira (31/05).

 

Após o anúncio preliminar da votação, Silva agradeceu as manifestações de apoio e garantiu que não possui quaisquer envolvimento com questões políticas que possam interferir em sua conduta como presidente do Conselho. “É triste ver o desgaste gerado por este caso, que nada mais foi do que a personalização e a pretensão de ver este representante que vos fala fora da presidência. Todos os conselheiros, com exceção dos proponentes, se manifestaram em meu apoio”, frisou.