Tarde horripilante na Sede Campestre

 

Uivos e gritos foram ouvidos na tarde de sábado (21/10) na Sede Campestre da ASJ, na Avenida Juca Batista, em Porto Alegre. Foi a comemoração do mês das crianças que, neste ano, foi realizada com um Halloween horripilante. Perseguidos por um time de monstros, filhos de sócios e integrantes do grupo de escoteiros Tupi Guarani divertiram-se com brincadeiras, muita música e tobogãs infláveis. 

 

A grande atração foi o Túnel do Terror. Com fumaça e sonoplastia especial, o espaço rendeu gritos e gargalhadas. Muitas crianças mal saiam do circuito já corriam para recomeçar a brincadeira. Lá dentro, para quem teve coragem de entrar, uma decoração aterrorizante servia de esconderijo para uma múmia e seus amigos zumbi, bruxa e macaco. Na porta do túnel para receber os visitantes estava nada menos do que o conde Drácula. 

 

As crianças também deram um show com suas fantasia. Além das tradicionais bruxinhas, chamaram atenção um Arlequina e as gêmeas de pijama. Com apenas um mês de idade, a pequena Alice Andrade, neta do segurança aposentado Carlos Fernando de Andrade, já dava o ar da graça fantasiada de esqueleto. No colo da mãe Fernanda Andrade, tirou foto ao lado das abóboras iluminadas que decoraram o salão. Gostou tanto da festa que a mãe já faz planos: “vai estar aqui correndo”.   Outra a se divertir com o Halloween foi Eduarda Barth, a Duda. Presença constante nas festa da ASJ a menina de apenas sete anos comemorou uma conquista importante na festa: “Eu superei meu medo e até falei com a múmia”.

 

O Dia das Crianças está na agenda de eventos da ASJ e também teve tatuagens. Segundo o presidente Paulo Olympio, que acompanhou a programação aos lado dos diretores Dione Burlamarque, Valentina Martignago e Geraldo Warth, este é “um momento tradicional de integração entre os sócios e muita diversão”.